quarta-feira, fevereiro 01, 2006

"Cartas de Guerra"



"Nova evacuação ontem. Um soldado virou a bola no Mussuma queria pegar fogo a tudo. Um Eróstrato."

"A nova moda dos oficiais daqui é a bebida. A tensão é tão grande que se tem de libertar por qualquer lado. De modo que se bebe tudo quanto há em quantidades industriais."

" Lembras-te de te ter falado num cabo que dizia, a propósito de tudo, francatoriamente? Já não diz nada: pôs o pé numa mina anti-pessoal e deve ser amputado acima do joelho."

" O rapaz que fui socorrer à picada, morreu. A notícia chegou hoje laconicamente pelo rádio."

"...ontem sentado a esta mesma mesa, chorei um bocadinho...Sei lá porquê! Por tudo - acho."


...

2 comentários:

aprendiz disse...

....é, a sensação de chorar "Sei lá porquê!" é aterradora. Por momentos parece que deixamos que tudo nos toque. Momentos dificeis, momentos marcantes.

Qtas batalhas travas na cidade?


E esta gente por onde andava?! Provavelmente o mais longe possivel de si mesmo...

Anónimo disse...

"Tu não viste nada em Angola" Marcelo Curto

 

page counters