segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Where is your mind?...



Menina bonita, menina frágil que corres com pressa, que voas ágil, de que corres tu? De que medos te escondes, em que aldeias em que montes? Em que pensas tu de rosto carregado, de olhos penetrantes, de corpo cansado. Vagueias sem destino, vais para todo o lado, procuras na vida o teu triste fado… e eu? Cansado.
Devolve-me os passos, o som da calçada, a alegria do riso… sim a gargalhada. O fundo de mim anseia por ti, entendes? Como posso viver e queixar-me entredentes.

Estamos os dois sentados à anos, nas mesmas cadeiras com os mesmos planos. Eu sentado a olhar e tu… sentada a viajar.

7 comentários:

Papo-seco disse...

Lindo!!!!

:)

Anónimo disse...

Viajar! Perder países!
Ser outro constantemente,
Por a alma não ter raízes
De viver de ver somente!

Não pertencer nem a mim!
Ir em frente, ir a seguir
A ausência de ter um fim,
E da ânsia de o conseguir!

Viajar assim é viagem.
Mas faço-o sem ter de meu
Mais que o sonho da passagem.
O resto é só terra e céu.

Pareces o Pessoa a escrever, é sempre tão bonito

Freddy disse...

Sweet!!! E vai descalça para a fonte...? ;)

Última Hora: Violentissima operação na blogosfera portuguesa... Zona Franca lança OPA sobre Abrupto

Anita disse...

Não te visitava há algum tempo mas gostei de voltar! Beijinhos!

Lubiden disse...

como em todas as histórias de amor :) beijo

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it
» » »

Anónimo disse...

That's a great story. Waiting for more. » » »

 

page counters